Preso na Bahia acusado de mutilar mulher em Ibiúna


A Polícia Civil de Oliveira dos Brejinhos, na Bahia, prendeu na tarde desta quarta-feira (1º) o principal suspeito de ter tentado matar com golpes de facão a sua própria esposa no dia 15 de junho, em Ibiúna. O crime teve repercussão nacional, uma vez que a vítima foi encontrada mutilada e perdeu as duas mãos e parte da visão, mas conseguiu sobreviver e passa bem. Um filho do acusado também foi preso na mesma data, em Araçariguama, por também ter participação no crime. As prisões só foram possíveis graças a um intenso trabalho de investigação realizado pela Polícia Civil de Ibiúna.

O crime

Maria Eunice da Costa Santos, de 49 anos e Almir Alves Vieira, de 46, viviam numa casa na Granja Votorantim, zona rural de Ibiúna. Na noite do último 15 de junho, uma vizinha escutou os gritos do pedido de socorro após uma discussão entre o casal e, ao verificar o que estava acontecendo, encontrou Maria totalmente ensanguentada, caída em um dos quartos da residência. Ela foi levada para o Pronto Socorro Municipal de Ibiúna em estado grave, chegando a ter duas paradas cardiorrespiratórias. Depois de reanimada, foi transferida às pressas para o Hospital Regional de Sorocaba, onde ficou internada em estado grave por vários dias.

Suspeito não ofereceu resistência ao ser preso na Bahia

Assim que tiveram ciência do ocorrido, a Guarda Civil Municipal de Ibiúna foi até a residência da vítima e lá encontrou um facão com a lâmina manchada de sangue, além de marcas de sangue por toda casa e no quintal. “A cena era muito chocante. Um crime muito covarde. Fizemos os primeiros levantamentos a fim de encontrar o suspeito, mas o mesmo já havia fugido”, contou um dos guardas que atendeu a ocorrência.

A partir de então, a Polícia Civil começou a investigar o caso, pediu a prisão preventiva de Almir e passou a procurar pelo paradeiro do suspeito. Após uma intensa investigação, conseguiram localizar o foragido com a ajuda de policiais da Bahia. O homem estava escondido no bairro de Queimada Nova, em Oliveira dos Brejinhos, e foi detido com o apoio da Polícia Militar de Macaubas.

O filho de Almir, que fora concebido em outro casamento, segundo a polícia, teria participação no crime, também foi preso no mesmo dia do pai por agentes de Ibiúna, na cidade de Araçariguama.

Ambos foram encaminhados para um presídio da região e estão à disposição da justiça. Participaram das investigações, os delegados de Ibiúna, José de Arruda Madureira Jr e Rafael de Medeiros Martins, além dos investigadores Bruno, Norival, Leandro e Paulo.

Já a vítima, apesar de ter as duas mãos mutiladas e perder parte da visão, passa bem e deverá ser testemunha chave para uma possível condenação dos acusados.

A notícia foi destaque em vários telejornais pelo Brasil a fora.

wordpress plugins and themes automotive,business,crime,health,life,politics,science,technology,travel

Jornal do Povo | Escrito por:

Redação
Redação

Com seriedade e dinamismo, a nossa equipe procura fazer jornalismo de verdade, no qual a ética e a responsabilidade em divulgar os principais assuntos de interesse público são nossos principais objetivos.

Deixe seu Comentário