Jornal do Povo entrevista André Ramalho, ibiunense contratado pelo Bayer Leverkusen


O Jornal do Povo esteve na última sexta-feira (19) no Estádio do Guarani de Ibiúna para entrevistar uma das maiores revelações do futebol brasileiro: o ibiunense André Ramalho, 22 anos, recém contratado pelo Bayer Leverkusen, um dos maiores e mais tradicionais clubes da Europa. Antes de se apresentar à nova equipe, o atleta bateu um papo conosco no mesmo campo onde iniciou sua carreira, falou da sua expectativa, da sua trajetória, dos planos, Seleção Brasileira e muito mais. Confira!

Jornal do Povo: Como começou sua trajetória no futebol?

André: É uma longa história, que se iniciou quando eu tinha 12 anos. A partir de então, fiquei 2 anos e meio nas categorias de base do São Paulo. Depois mais 1 ano no São Bento de Sorocaba, aqui na região. Aí fui para o Palmeiras, onde fiquei mais um ano. Fiz a seletiva do sub-17 para jogar no Red Bull Salzburg, da Áustria e consegui passar numa peneiras que teve a participação de milhares de atletas.

A convite do Jornal do Povo, André voltou ao Estádio do Guarani, onde jogava quando criança

A convite do Jornal do Povo, André voltou ao Estádio do Guarani, onde jogava quando criança

Jornal do Povo: Como foi esse período na Áustria e como surgiu essa proposta para jogar no Bayer? Você já esperava chegar tão rápido a uma equipe tão tradicional do futebol europeu?

André: Cheguei jogando no time “B” do Salzburg e depois de 2 anos fui para a principal. Na primeira temporada já foi muito bom, pois disputamos partidas importantes, contra times tradicionais, como Ajax e outros, dando uma boa visibilidade a todo elenco. Na segunda temporada confirmamos a força da nossa equipe ganhando o título da primeira divisão do futebol da Áustria. Isso nos ajudou muito, tanto que o nosso treinador foi convidado para ser o técnico do Bayer para essa próxima temporada e acabou me levando junto.

Jornal do Povo: Como está a expectativa para a estreia num gigante europeu como é o Bayer?

André: Vamos iniciar o trabalho no dia 2 de julho. Mesmo de férias, temos que tomar alguns cuidados, como uma dieta diferenciada, sem abusos, correr bastante para manter a forma física e preparar também o lado psicológico, uma vez que é uma experiência nova, com um novo elenco, nova cidade, tudo novo. Por ser um time tradicional, com grande torcida e visibilidade, a pressão é muito maior, a cobrança é maior. Mas, tudo isso faz parte do futebol e tenho que estar preparado para enfrentar os desafios e iniciar essa nova etapa da minha carreira e da minha vida.

Jornal do Povo: Já tem data para a estreia num jogo oficial?

André: Não tem nada definido ainda. Acredito que no final de julho ou no começo de agosto deveremos iniciar as competições e, com isso, temos de nos preparar bem para conquistarmos um espaço no time titular e iniciar bem a temporada.

Jornal do Povo: Você esperava chegar tão longe assim? Jogar num time tradicional, do melhor futebol da atualidade, que é o Alemão, e ter a oportunidade de jogar ao lado de astros do futebol mundial? Era seu sonho de infância ou nunca lhe passou pela cabeça alcançar tão grande feito?

André Ramalho quer buscar seu espaço no Bayer e depois ser o primeiro ibiunense a ir para Seleção Brasileira

André Ramalho quer buscar seu espaço no Bayer e depois ser o primeiro ibiunense a ir para Seleção Brasileira

André: Sempre quando a gente é criança e quer ser jogador de futebol, a gente almeja grandes coisas. E comigo não foi diferente. Logicamente que é algo muito distante e difícil de ser alcançado. Eu sempre fui do tipo que não fica olhando muito para frente. Prefiro focar no presente, mesmo porque, se eu não trabalhar no presente, não acontece nada no futuro. Mas sempre almejei chegar em um time grande e foi um trabalho duro que agora estou podendo alcançar esse resultado.

Jornal do Povo: E a sua adaptação ao futebol alemão, a língua, como enfrentar esses desafios?

André: Acredito que o choque cultural não terei problemas, pois já enfrentei isso quando saí do Brasil, há quase 5 anos e fui para Áustria, que também tem o Alemão como idioma oficial. Então estou bem preparado neste sentido. Acho que talvez sita um pouco a diferença no futebol, que tem uma qualidade técnica muito superior ao da Áustria, sendo atuais campeões mundiais.

Jornal do Povo: Está preparado para aguentar a zoação dos novos colegas alemães pelos 7 x 1 sofridos pelo Brasil contra a Alemanha na última Copa do Mundo?

André: Zoação sempre tem né, eu mesmo assisti esse jogo ao lado de vários alemães e acho que nunca fui tão zoado na minha vida..rsrs. Mas isso faz parte. Futebol é isso mesmo, um dia a gente ganha e no outro perde e assim vai.

Jornal do Povo: Por falar em Seleção Brasileira… E a camisa canarinho. É um sonho que está mais próximo agora? Tem isso como próxima meta?

André: Sem dúvidas. Esse é o sonho de qualquer jogador. Mas, vamos dar um passo de cada vez. Trabalhar bastante para alcançar meu espaço no Bayer Leverkusen e depois a gente pensa em Seleção Brasileira.

Jornal do Povo: Voltando um pouco ao passado, sabemos que você já jogou aqui neste campo do Guarani várias vezes, tem seus familiares aqui em Ibiúna. Qual a sensação de estar voltando às suas origens?

André: É muito bom ver de onde tudo começou. Tanto aqui neste campo, como nas ruas de Ibiúna, temos muitas lembranças boas. Fico feliz de tudo isso estar dando certo e termos passado por aqui.

Jornal do Povo: Qual o recado que você deixa para essa molecada, que assim como você sonhou um dia, também sonha em jogar em um grande time do Futebol Europeu? Além do talento, tem algum outro segredo?

André: A fórmula perfeita a gente nunca tem. Mas temos que ter em mente que nada vem fácil. É preciso muito trabalho, dedicação, foco, além de uma cabeça boa, pois temos muitos atletas que são talentosos, mas não são focados. Isso é fundamental. Sempre acreditar e ter persistência, pois muitas vezes não dá certo em um clube e outro, mas tem que procurar as oportunidades.

Jornal do Povo: Um recado para toda galera ibiunense que com certeza vai estar na torcida por você nesta nova etapa da sua carreira…

André: Quero agradecer a todos pela torcida. Mesmo de longe, eu vejo que temos uma torcida forte aqui de Ibiúna. Fico muito feliz em ser um ibiunense, ter saído daqui e espero que a gente possa estar novamente aqui em breve para anunciar novas conquistas. Abração a todos!

wordpress plugins and themes automotive,business,crime,health,life,politics,science,technology,travel

Jornal do Povo | Escrito por:

Redação
Redação

Com seriedade e dinamismo, a nossa equipe procura fazer jornalismo de verdade, no qual a ética e a responsabilidade em divulgar os principais assuntos de interesse público são nossos principais objetivos.

1 Comentario

  1. José Luiz Godinho da Silva disse:

    Acompanho as notícias da minha cidade Ibiúna pelo Jornal do Povo via interne.
    Ao Andre Ramalho desejo que tenha sucesso como jogador de futebol profissional e que continue crescendo cada vez mais
    Como foi bom ter visto nas fotos as portas do vestuário do campo do Guarani de Ibiúna, tenho boas lembranças e saudades desse lugar.

Deixe seu Comentário