Homem não aceita separação e quase causa uma tragédia em Ibiúna


A Polícia Militar impediu o que poderia se tornar uma tragédia na manhã deste domingo (24), no conjunto habitacional “Minha Casa Minha Vida” da Cachoeira, em Ibiúna. Inconformado com um pedido de separação, um homem trancou toda casa e cortou a mangueira de gás da cozinha enquanto a esposa e duas filhas gêmeas de 4 anos dormiam. Vizinhos sentiram o forte cheiro de gás, chamaram a polícia, que entrou na residência, juntamente com o SAMU, e socorreram as vítimas, bem como o autor do crime. Todos passaram por atendimento médico no Hospital Municipal e estão bem.

De acordo com Boletim de Ocorrência, os policiais receberam a denúncia de que um homem havia cortado a mangueira do gás e ameaçava colocar fogo na residência, colocando em risco a vida da família e dos vizinhos.

Os PMs foram até o local e logo perceberam um odor muito forte de gás de cozinha, motivo pelo qual desligaram a energia elétrica de todo o bloco de casas, garantindo a segurança dos policiais e de demais pessoas que vivem no local.

Em seguida, entraram no apartamento e retiraram as vítimas, uma mulher de 32 anos e suas filhas gêmeas, de 4 anos, que receberam os primeiros socorros pela equipe do SAMU. O autor dos fatos não queria sair do local e foi necessária uma negociação com a equipe. Como não adiantou, os policiais então entraram a força e conseguiram retirar o rapaz, o encaminhando-o para o Pronto Socorro Municipal.

Possível explosão poderia causar uma tragédia no Conjunto Habitacional do Minha Casa Minha Vida da Cachoeira

Homem usou uma faca para cortar a mangueira do botijão de gás

Não aceitou a separação

A esposa ficou sob cuidados médicos e foi ouvida ainda no Hospital de Ibiúna, devido ao seu estado de saúde. Ela contou à polícia que há aproximadamente vinte dias tinha solicitado verbalmente a separação e o marido, de 44 anos, não aceitou. Naquela manhã, acordou passando mal com dormência na boca e sistema respiratório alterado devido ao cheiro de gás de cozinha. Ao se levantar caminhou até a cozinha e notou que a mangueira do gás estava cortada.

O marido dormia em outro quarto, já que a vítima estava ficando em cômodos separados com as filhas. Ela perguntou a ele o porquê do cheiro de gás e ele disse ter cortado a mangueira do botijão para tentar suicídio, porém não conseguiu. O homem ainda trancou as janelas e portas da casa. A mulher, então, pediu socorro aos vizinhos, que a ajudaram, até a chegada da polícia.

O autor, após passar pelo Pronto Socorro, foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Ibiúna, onde contou que durante a madrugada tentou se matar cortando a mangueira do gás de cozinha com uma faca, mas não conseguiu. Ele disse que não queria matar a esposa e as filhas, apenas dar um fim a sua própria vida.

Diante desta situação, foi indiciado por “Homicídio Qualificado Tentado” (art.121) e deverá ficar preso, a disposição da Justiça.

Parentes contaram à polícia que o marido já tramava o suicídio uma vez que nas últimas semanas havia enviado mensagens pelo celular ameaçando tirar a própria vida. A perícia foi chamada e apreendeu o aparelho celular para análise.

Atenderam a ocorrência os policiais com a viatura I-40205, Cb Ricardo e Sd José, com apoio do CGP II SGT Soares e Sd Lucas; do Samu, enfermeira Suellen, Evandro e Borba e da Perícia S-1092, perita Dra Keli e fotógrafo Marcos.

wordpress plugins and themes automotive,business,crime,health,life,politics,science,technology,travel

Jornal do Povo | Escrito por:

Redação
Redação

Com seriedade e dinamismo, a nossa equipe procura fazer jornalismo de verdade, no qual a ética e a responsabilidade em divulgar os principais assuntos de interesse público são nossos principais objetivos.

Deixe seu Comentário